Jornal do Povo

Claiton Gonçalves, prefeito de Farroupilha é cassado pela Câmara de Vereadores

Depois de cerca de oito horas de sessão, a Câmara de Vereadores de Farroupilha cassou na noite desta sexta-feira (15/05) o mandato do prefeito Claiton Gonçalves (PDT). O pedido de impeachment, protocolado pela OAB, foi aprovado por dez votos a quatro.

Este foi o terceiro processo de impedimento protocolado na Câmara de Vereadores de Farroupilha contra Claiton. A ação teve parecer favorável ao andamento na sessão da quarta-feira (13). A defesa do prefeito foi conduzida pelo advogado Augusto Vilela, e o próprio chefe do Executivo participou da sessão extraordinária desta sexta, discursando contra a cassação.

Os parlamentares farroupilhenses analisaram e votaram quatro denúncias contra o prefeito. Na sessão vão ser analisadas três denúncias contra Claiton Gonçalves. Elas consistiam em: nomeação de servidor para atuar em função privativa de advogado; infração político-administrativa pela abertura de crédito suplementar para a compra de terrenos; aquisição de áreas sem a devida autorização da Câmara de Farroupilha; e irregularidades na aquisição de um software. A primeira e a terceira acusações foram aprovadas pela maioria, enquanto as outras duas foram rejeitadas.

Nas duas acusações aprovadas, votaram favoravelmente os vereadores Arielson Arsego (MDB), Eleonora Broilo (MDB), Fabiano Piccoli (PSB), Jonas Tomazini (MDB), Jorge Cenci (MDB), José Mário Bellaver (MDB), Josué Paese Filho (PP), Sandro Trevisan (PP), Sedinei Catafesta (PSD) e Tadeu Salib dos Santos (PP). Já Deivid Argenta (PDT), Maria da Glória Menegotto (Rede), Thiago Brunet (PDT) e Tiago Ilha (Republicanos) votaram contra. O presidente da Casa, Fernando Silvestrin (PL), se absteve.

Com a cassação, o vice Pedro Pedrozo assume o comando do Município de Farroupilha.

Fonte: Rádio Caxias

Reportagem

Reportagem



Publicidade

Escreva um comentário

Siga-nos

Estamos também nas Redes Sociais. Segue a gente lá!!