Connect with us

Coluna Dia Um

Coluna Dia Um – 29/11/2020: Carta para os jovens de amanhã

Ariel Fedrizzi

Publicado

on

Queridos amigos do futuro,

Hoje, 2020, eu vos escrevo na esperança de vencer o tempo. Na mesma condição de jovem com pouca sabedoria e bastante entusiasmo, sinto que estas palavras são meu maior recurso, minha arma definitiva para deixar-vos um aviso: o planeta está cobrando o seu preço.

Neste ano, enfrentamos a primeira grande pandemia do século. A primeira, em um pequeno intervalo histórico, com capacidade de parar o mundo.

Ricos e pobres, trabalhadores, milionários, idosos e jovens: não houve quem não se deixasse afetar pelo vírus. Da instabilidade econômica à controvérsia pelo desenvolvimento da vacina – sem citar, é claro, as milhões de mortes e decretos de falência –, estamos ainda aprendendo a lidar com a bomba que nos foi largada no colo.

Agora, não quero fazer parecer que esta é a primeira vez que o ser humano precisa enfrentar inimigos grandes demais, forças inconcebíveis que fazem os piores temores parecerem eufemismos. Apesar de toda a confusão, não estamos diante de algo novo. E é esta a razão por trás de minhas palavras: alertar àqueles que virão sobre a reincidência. Sobre a ignorância do passado e seus frutos no futuro. Sobre a cegante sensação de poder.

Porque o nosso mais grave erro histórico é nos esquecermos de nossa história. Fechando um olho para coisas que preferimos ignorar (porque nos fazem mal, talvez?), nós nos deixamos seguir por caminhos que já experimentamos antes; caminhos que, em diferentes alturas de nossa estrada, só nos trouxeram ruína.

Portanto, amigos do futuro, jovens do amanhã, eu vos peço: lembrem-se do ontem. Aprendam com o hoje. Exponham as feridas para que sangrem, para que a dor que tiver de ser sentida o seja uma única vez.

Assim, e somente assim, a cicatrização dos velhos cortes se fará completa.

Continue Reading
Comente

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Tendência

Copyright © 2021 Jornal do Povo RS