Jornal do Povo

É saudável comer pão todos os dias?

Alimentação nos dias de hoje é muitas vezes um caso de “8 ou 80”. Alguns itens são simplesmente “cancelados”, viram tabu. Por exemplo: comer um pãozinho francês, quebrando a rigidez de algumas dietas populares, ganha status de pecado mortal. Um simples “será que eu devo comer isso?” vira um turbilhão de ansiedade. Precisa ser assim?

A nutricionista Amanda Ornelas afirma que a onda de dietas a base de baixo consumo de carboidrato, as low carb, transformou o pão em “vilão” nos últimos anos. “Mas ele não é vilão assim. De fato, é um alimento com muito carboidrato, mas não há problema adultos e crianças saudáveis consumi-lo moderadamente”, pondera a profissional, mestre em Saúde pela Universidade Federal da Bahia e presidente do Conselho Regional de Nutrição baiano.

Ornelas afirma que o carboidrato é essencial na nossa dieta, já que é fonte de energia para nosso corpo, e se você é saudável e está no seu peso ideal, não há problema comer pão francês todos os dias, desde que limitado a um por dia. Na hora de escolher o recheio, dê preferência para um queijo magro, como a ricota ou o queijo branco.

A nutricionista também lembra que o pão ficou mais nutritivo desde que a Organização Mundial da Saúde (OMS) determinou, em 1998, que os países deveriam enriquecer a farinha com ácido fólico e ferro.

Qual é a diferença entre os tipos de pão

Ornelas explica que, em termos calóricos e de carboidratos, não há diferença significativa entre o pão francês, o de leite e o de milho. “Todo pão é uma fonte importante de carboidrato, mas o que realmente vai importar para diferencia-lo é o tipo de farinha que foi usada.”

Por isso, o pão feito com farinha integral é o mais saudável e o mais indicado para quem está de regime. “Ele tem fibras, o que é ótimo, porque elas melhoram o intestino, diminuem o colesterol e aumentam a saciedade.”

Também vale a pena, segundo a nutricionista, dar uma atenção especial aos pães com castanhas e grãos como gergelim, linhaça e aveia. “Além de mais nutritivos, eles têm mais fibras.”

Reportagem

Reportagem



Publicidade

Escreva um comentário

Siga-nos

Estamos também nas Redes Sociais. Segue a gente lá!!