Jornal do Povo
Jornal do Povo RS - Mata

Escrevendo além do mundo – 15/08/2020

Nunca se sinta mal pelos erros ou pelas oportunidades que você deu tudo de si, mas acha que deveria ter feito de outro jeito. Naquele momento você tinha um aprendizado e agora tem outro, isso é  normal. Nunca se sinta mal por seu ponto de evolução. Somos espíritos sempre evoluindo tanto neste mundo material, tanto em outros planos espirituais.

Talvez nós nunca saberemos o quanto estaremos certos e o quanto estaremos prontos. É muito normal viver muitos anos como se nós éramos o espelho da sociedade e refletimos tantas coisas apenas porque nos sentimos amados. De repente, nós somos outros e temos outras vivências. Outro despertar que nos abre os olhos para a real sincronicidade e entendimento que as coisas acontecem em determinado momento e sempre possuem uma razão. Nós podemos acertar ou errar. Mas se nós não ferimos ninguém, não devemos nos sentir mal.

Nunca se sinta mal pelos seus amores passados, trabalhos perdidos e confusões. Nós não temos todo o poder, porque nós não temos o livre arbítrio dos outros. Como somos livres para dizermos “nãos” e controlarmos nossos fardos. Nós podemos sempre fazer escolhas ou mudar a direção e entendimento da consequência.

No mundo espiritual não há certo ou errado, há picos evolutivos que as almas devem alcançar. Há maneiras de solidariedade e de cura.

E parte desta cura é para livrar nos do sofrimento, muitas vezes, desnecessários que nossas almas sentem por se sentirem pressionadas por causa de outros livres arbítrios.
Não há um fardo maior e nem erros maiores. Há experiências que estamos suscetíveis a viver de acordo com o nosso pico evolutivo.

Suzy Hekamiah

Suzy Hekamiah

É escritora nascida em Caxias do Sul. Desejou ser escritora desde os nove anos de idade. Desde então, possui dois livros, participações em mais de 30 livros como contista e poetista, prêmios literários como autora independente e já apresentou seus trabalhos como autora no México e EUA, como nas principais bienais do livro do Brasil. É membro da Academia de Letras de Goiás e da Academia Inclusiva de Autores de Brasília. Foi uma das organizadoras da Semana do Livro Nacional em Caxias do Sul e atualmente mora em Los Angeles onde se dedica à carreira de roteirista. Acredita no poder das palavras para deixar um legado ao mundo e encorajar as pessoas a seguirem suas missões espirituais.



Publicidade

Escreva um comentário

Siga-nos

Estamos também nas Redes Sociais. Segue a gente lá!!