Jornal do Povo

Poesia e Reflexão – 01/06/2020: Cuidado, este lugar pode ser perigoso

A vida é feita de escolhas. Alguns preferem as flores, outros os espinhos. Dentro do mundo, existem pequenos mundinhos. A porta deles está sempre aberta, mas cabe a você entrar ou não. Cuidado, aquele lugar que parece ser fantástico, pode te conduzir à ruína.

Vários fatores podem levar uma pessoa a usar drogas. Traumas, influência do próprio meio, curiosidade, entre outros. Uns têm a sensação de chegar no local desconhecido e se sentir em casa. Algumas drogas causam euforia, felicidade plena. Outras são alucinógenas, mas extremamente perigosas, cada uma te mostra um caminho. Muitos viciam e se tornam escravos desta estrada tortuosa.

Depois do entusiasmo vem a tristeza, o medo. O usuário quer se livrar disto. A única maneira que encontra é voltar a se afogar na lama das drogas, das fortes emoções que aqueles poucos minutos proporcionam.

Nesta viagem, alguns morrem, outros ganham o desprezo da família, se jogam nas ruas e ali tem um outro mundinho com as portas escancaradas, o do crime. Não vale a pena trocar uma vida por alguns minutos de prazer. É isto que a droga causa, é desta maneira que ela abraça aqueles que a procuram. É difícil se livrar dela, mas quem consegue simplesmente renasce.

No começo tudo é lindo, o fato é que o corpo começa a responder de formas diferentes, com o tempo até a aparência muda. A droga envelhece, mas diferente do natural, as rugas não são de sabedoria e sim de tristeza, desapontamentos…

Quem consegue se livrar deste mundinho, chora, porque só quem já fez parte dele sabe que todos os caminhos levam ao fim. Muitos voltam cansados, quase sem forças para lutar, mas reagem, tem o apoio dos familiares, amigos. Nenhuma ajuda é perdida. Estar limpo é estar livre.

Romila Amaral

Romila Amaral

É estudante de Jornalismo da UCS, natural de Caxias do Sul (RS). Apaixonada por poesia e literatura, aos oito anos começou a recitar poemas e não imagina a sua vida longe dos versos. Acredita que o jornalismo e a poesia podem mudar o mundo e a vida das pessoas. Afirma que são a voz daqueles que muitas vezes não podem falar. Os dois se completam. Como declamadora já ganhou alguns prêmios no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina.



Publicidade

Escreva um comentário

Siga-nos

Estamos também nas Redes Sociais. Segue a gente lá!!