Connect with us

Colunas

Poesia e Reflexão – 14/09/2020: a face nua do espelho

Romila Amaral

Publicado

on

Quando olhamos para um espelho, enxergamos uma imagem refletida.

– Quem é aquela pessoa que tem traços tão iguais a mim?

– Por que está presa ali?

A face do espelho é despida de tudo. Ela não sente as nossas dores, os medos, tampouco sabe ou escuta os nossos segredos.

O espelho mostra um rosto, o externo. Ele não reflete a alma, os valores e defeitos que cada ser humano carrega dentro de si. É vazio, não tem sentimentos, não sabe quem somos e nem o que sentimos, mas aquela imagem encara como se nos conhecesse. Desta ou de uma outra vida? Não sabemos…

O espelho mostra o que todos podem ver, mas esconde aquilo que é necessário ter muita sensibilidade para perceber. O interno, o nosso eu, puro e verdadeiro. A imagem que enxergamos não tem alma, não tem vida, por isso imita os nossos gestos, por isso se veste de nós. Ela vive presa, e nós somos livres.

Enquanto voamos como pássaros, que têm liberdade de ir e voltar para o ninho, o espelho fica vazio, triste, esperando pela visita de um rosto.

Lembre-se: os nossos valores e emoções não estão expostos na vitrine do rosto, é indispensável uma visita interna.

Continue Reading
Comente

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Tendência

Copyright © 2021 Jornal do Povo RS