Connect with us

Colunas

Poesia e Reflexão – 17/08/2020: envelhecer é uma dádiva

Romila Amaral

Publicado

on

Jornal do Povo - RS vovó

Quando uma peça de roupa fica velha, geralmente nos desfazemos dela. Uma roupa é somente um pedaço de tecido que usamos por algum tempo. Quando uma pessoa envelhece, é desumano esquecê-la, tratá-la como se fosse um objeto que com o passar dos anos perdeu sua função. O fato é que muitos idosos são maltratados, esquecidos pelos familiares, abandonados em asilos, à mercê da ajuda de pessoas estranhas, de carinhos desconhecidos, mas que são alento para aquelas almas tão jovens presas em um corpo velho.

Muitas pessoas não recebem a dádiva de envelhecer. Para alguns, o fim da vida chega antes. Então não podemos associar esta fase ao término da nossa missão. Ser velho é uma benção. Não sejam egoístas, o velho é um mar de sabedoria, e é dessa água que o jovem precisa beber para saber um pouquinho mais sobre a vida.

Sabe aquele idoso que vive na sua casa, ou aquele que você maltratou por não ter paciência e não compreendê-lo, valorize-o. Alguns são queridinhos, outros mais ranzinzas, mas todos têm um coração e a chave para abri-lo é a do amor.

O descaso com os idosos, não acontece somente no âmbito familiar, a sociedade também olha para eles como se fossem um peso, representação da finitude.

Jamais esqueça que o jovem de hoje, pode ser o velho de amanhã. Passe a mão no rosto da sua avó ou avô, cada ruga é uma história. Tenha humildade para escutar e aprender, afinal de contas sabemos tão pouco. O jovem pensa que sabe, mas a vida sempre mostra que somos seres em evolução.

Continue Reading
Comente

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Tendência

Copyright © 2021 Jornal do Povo RS