Jornal do Povo

Poesia e Reflexão – 28/09/2020: Visita

Todos os dias, milhares de pessoas recebem a mesma visita. Chega cedinho, entra pelas portas, janelas, frestas, é o espetáculo das manhãs. Tímido, têm dias que se esconde, mas aos poucos vai mostrando a cara, abraçando o mundo.

Quando abrimos os olhos ao clarear do dia recebemos o beijo do sol. A luz que ilumina os nossos caminhos. Às vezes chega sem ser convidado, mas sempre é bem-vindo. Aquece os corações, alegra a alma.

O sol é uma estrela. No palco do céu é o protagonista das manhãs. Até quando se despede o brilho não se apaga. Fica gravado na memória daqueles que insistem em observá-lo. É misterioso, ninguém consegue encará-lo de frente, e o pouco que conseguimos ficamos admirados com aquela luz esplendorosa.

Por vezes brinca de esconde-esconde entre as nuvens, parece um menino travesso. É o poeta das manhãs, companheiro dos andantes, aventureiros. Presente de Deus! O abraço do sol renova a esperança de dias melhores, carregados de boas energias.

Romila Amaral

Romila Amaral

É estudante de Jornalismo da UCS, natural de Caxias do Sul (RS). Apaixonada por poesia e literatura, aos oito anos começou a recitar poemas e não imagina a sua vida longe dos versos. Acredita que o jornalismo e a poesia podem mudar o mundo e a vida das pessoas. Afirma que são a voz daqueles que muitas vezes não podem falar. Os dois se completam. Como declamadora já ganhou alguns prêmios no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina.



Publicidade

Escreva um comentário

Siga-nos

Estamos também nas Redes Sociais. Segue a gente lá!!