Jornal do Povo

Relatos da Vida Moderna – 26/05/2020: Hipocrisia

Já ouvi gente falando de amor proliferando aos quatro cantos palavras demais e tapando os olhos para as pessoas necessitadas.
Já vi gente brincando com corações alheios como se o segredo da vida estivesse ali nos corações machucados.
Já ouvi discursos de ódio, injustiça, preconceito.
Já vi tanta gente falando por aí de nobreza, gentileza…

É sei, que cada um é cada um. Mas, um mais dois são dois, não um.
Queremos tanto mudar o mundo? Mas, nunca achamos que nosso gestos também precisam mudar.

Em tempos de pandemia em que o toque tem que ser mais distante não sejamos hipócritas, vítimas de nossa própria lágrima.
Sejamos o estímulo, a verdade no olhar

Enquanto coloco minha máscara mais uma vez, meus olhos ainda enxergam o quão triste é a estupidez do egoísmo humano.

O quão insensatos são os olhos que derramam lágrimas e choram escondidos no quarto.

Olhar mais para dentro de nós e se refazer, resgatar, recomeçar.

Cuidando para que nossas palavras e gestos não sejam o contrário do que nossa alma possa compartilhar.

Emely Polli

Emely Polli

Escritora caxiense que desde muito jovem se encantou pela literatura. Organizadora do Café Poético, evento que expõe artes, inclusive as suas. Estudante de Licenciatura em Música pela Universidade de Caxias do Sul (UCS), junto com a sua irmã Nicolle participa do duo Delunar. Acredita no poder das palavras e na poesia como essência da fórmula humana.



Publicidade

Escreva um comentário

Siga-nos

Estamos também nas Redes Sociais. Segue a gente lá!!