Jornal do Povo
Jornal do Povo - RS - por que eu

Take único – 27/06/2020: “Por que eu, Senhor?”

Neste período caótico de pandemia e distanciamento social precisamos edificar a nossa mente de alguma forma. Uma ótima opção são filmes contendo mensagens de fé e positividade porque quando isso tudo passar estaremos fortalecidos.

Obviamente, não estou querendo generalizar descartando a possibilidade de acompanhar outros gêneros de filmes, mas é sempre bom variar um pouco. Se você estiver questionando a sua fé ou se perguntando “por que isso está acontecendo?”, sugiro assistir “Por que eu, Senhor?”.

Não se trata apenas de um filme contendo mensagem motivacional, ele vai além unindo drama e comédia de uma forma peculiar. O roteiro é bem estruturado, completo com início, meio e fim não possui pontas soltas, ou seja, é harmônico. Isso permite que o espectador seja envolvido pela temática narrativa do início ao fim. É surpreendente constatar o equilíbrio necessário para abordar valores cristãos sem algum tipo de ofensa.

O longa narra a história de Rich Chaplin (David A. R White), um pastor e pai de família próspero. Para quem vê de fora, Rich tem tudo que um mero mortal pode querer. Mesmo assim, ele acaba perdendo de vista todos os planos de Deus, incluindo sua família, e começa a querer ter uma vida diferente. De repente, ele se vê vivendo a vida de todos aqueles que a sua indiferença, de algum modo, afetou. Pessoas rejeitadas ou deixadas de lado quando precisaram da sua ajuda. O longa é mais uma distribuição da Graça Filmes, pioneira em superproduções cristãs.

Essa inesquecível viagem fará com que Rich passe a ver a vida pelos olhos dos mais diversos tipos de pessoas. Como, por exemplo, sua esposa, o namorado de sua filha e uma senhora idosa (Della Reese). Até mesmo, de um peixinho dourado! Em meio a tudo isso, ele precisará entender que pode estar perdendo a única chance de amar e fazer a diferença naqueles que lhe são mais importantes.

A minha sugestão é você se juntar a Rich nessa jornada louca e divertida acompanhando as transformações e reviravoltas na vida dele. Ele, não será mais o mesmo, isso eu posso garantir!

Assista com bastante atenção porque de alguma forma você será envolvido por essa trama e talvez mude algo na sua vida também. A maneira de observar as oportunidades ou o cuidado com as pessoas mais próximas. Será mesmo que você está dando o devido valor a elas?

Fotografia: David A.R. White- reprodução

David A. R. White é produtor, ator e roteirista, atuou em diversos filmes do gênero drama mais direcionado a mensagem cristã. Além de produzir “Deus não está morto”, “Deus não está morto 2” , “O anjo mora ao lado”, entre outros. Participou da elaboração do roteiro de “A fé que nos une”.

Quando questionado a respeito da sua fé e trabalho David, sempre afirma que ambas andam juntas. Ele gosta de trabalhar em filmes contendo mensagens edificantes porque a vida precisa de momentos de paz. Para lançar os filmes cristã ator revela “todas as portas se fecharam até Deus virar o jogo”. Até quem busca atrapalhar acaba ajudando a vivermos o nosso chamado. Enquanto, os estúdios de Hollywood bloqueavam a produção desse tipo de filme crescia no interior de David a vontade de empreender e divulgar o seu trabalho. Em 2005, criou PureFlix Entertainment com objetivo de propagar a fé cristã.

Para lançar filmes cristãos o ator revela: “Todas as portas se fecharam até Deus virar o jogo. Até quem busca atrapalhar acaba ajudando a vivermos o nosso chamado.”

Sempre haverá dias de glória em meio as lutas, mas nós escolhemos a maneira como vamos enxergar os problemas. Se olharmos com dúvida, raiva ou medo não encontraremos a solução. No entanto, se pararmos para pensar deixando de lado a ira, os sentimentos ruins e negativos as coisas voltaram a fluir novamente.

“Por que eu, Senhor?” foi classificado pela The Dove Foundation, instituição americana avaliadora de obras de audiovisuais, como “aprovado para a família”, pelo fato de trazer questões importantes sobre felicidade, amor, respeito, vida familiar e fé em Deus.

Lembra do personagem Rich Chaplin ? Então, ele agia sem pensar deixava as emoções e a impulsividade lhe dominarem.

Chega de spoiler, caro leitor. Espero que você assista “Por que eu, Senhor ?” se divirta e ainda reflita sobre a mensagem deste filme aplicando no seu dia a dia. Filme completo disponível no Youtube.

Fonte: Folha Gospel, Portal Gospel Play e Graça Filmes.

Fernanda Gurniak Weber

Fernanda Gurniak Weber

Desde cedo tinha a certeza de que seria jornalista. Multimídia, apaixonada por cinema, universo geek e jornalismo. Curiosa e ousada, criou o blog "Jornalistando NEWS", há 11 anos compartilha opinião sobre crítica de cinema, resenhas, reflexões, entretenimento e jornalismo. Acredita que o cinema é a ficção imitando a vida em takes de arte em ação. O conhecimento pode mudar o mundo! Graduanda do 8º semestre de Jornalismo da FSG, aprendeu nos momentos mais difíceis a ser resiliente e seguir em frente sem jamais desistir do seu propósito.



Publicidade

Escreva um comentário

Siga-nos

Estamos também nas Redes Sociais. Segue a gente lá!!